Arquivo

Arquivo de outubro, 2009

Cão Terapia Especial – Halloween

30, outubro, 2009

Halloween Cao Terapia 1A2 72 DPI

Criação e Arte: Andrea Mendes Ribeiro/ andreacreations@gmail.com

Cão Terapia, Eventos

Simon’s Cat está novamente em apuros

30, outubro, 2009

Pobre de seu amigo humano. Assista aos dois novos episódios:

 

Seu gatinho já lhe trouxe um “presentinho” desses? Conta pra gente!

 

Os vídeos Simon’s Cat são divertidíssimos! Clique aqui para assisti-los.

Humor, Vídeos Engraçados

Tailândia monta primeira casa de repouso para elefantes idosos

30, outubro, 2009

elefante-africanoO Pang-La Nursery Home for Aged Elephants, primeiro abrigo para elefantes idosos e doentes, será aberto oficialmente no próximo dia 21 de novembro, em Ngao distrito de Lampang, a 490 km ao norte de Bangkok.

No terreno de 153 hectares onde está localizado o abrigo, os elefantes vão encontrar uma grande variedade de alimentos como o capim-elefante, bananeiras, árvores de abacaxi e ervas tradicionais que ajudam na melhoria e recuperação da saúde deles. E ainda terão um rio particular para tomarem banho e saciarem a sede. O abrigo será gerido pela Organização da Indústria Florestal (FIO), que também dirige o Hospital de Elefante na mesma província.

O abrigo já conta com cerca de 30 elefantes idosos e deficientes. Entre eles estão Pang Bua-Kam, uma elefanta de 53 anos, cega de um olho, que foi resgatada das ruas de Bankok há alguns meses, e Plai Kam-Meun, um elefante de 72 anos completamente cego.

Segundo a direção, o abrigo está preparado para receber até 200 elefantes quando estiver funcionando em plena capacidade. “O lar de idosos vai cuidar dos elefantes até seu último suspiro”, afirmou Manoonsak, dirigente do Pang-La.

A população de elefantes no país cai cerca de 3% ao ano em virtude da caça e da exploração. Estima-se que mais de 2 mil elefantes vivem em cativeiro na Tailândia. Outros 2 mil são selvagens.

Os elefantes domesticados foram anteriormente usados como animais de carga na indústria florestal do país. Como o governo tailandês proibiu a exploração madeireira, estão agora sendo explorados por empresários do setor de turismo.

Nota da Redação: Depois de serem cruelmente usados por comerciantes sem consciência, os animais, quando estão mais velhos ou doentes, são abandonados à própria sorte. Triste destino para eles. Mais triste ainda é a falta de humanidade das pessoas.

Fonte: ANDA

Notícias

Gato preto da sorte

30, outubro, 2009

black_cat_by_mace_winduExistem muitas superstições maldosas em relação aos gatos pretos. Basta prestar atenção nas pessoas com quem você convive que certamente terá alguém que, ao cruzar com um gato preto se benze, pede proteção, bate na madeira etc. Estas crendices populares baseiam-se na ignorância de um período macabro da história da humanidade e, por que não dizer, dos gatos também.

Os lindos felinos de pelagem preta brilhante viveram a glória no Antigo Egito, tempo em que eram reverenciados como deuses. Mas no período da inquisição seu reinado despencou. No século XV, o papa Inocêncio VIII incluiu os gatos pretos na lista de seres hereges, associando esses animais a magias obscuras e por isso muitos foram atirados nas fogueiras juntamente com as supostas bruxas. A pelagem escura também era associada a coisas das trevas e demoníacas.

Infelizmente estas crendices insanas ultrapassaram séculos e ainda insistem em assombrar a vida destes adoráveis felinos. Eles são alvo de preconceito e são estigmatizados apenas por possuírem a cor preta. Nos abrigos e ongs, gatos pretos são os menos procurados por adotantes,  e muitos passam a vida inteira sem encontrar uma família. Além disso, ainda existem cerimônias abomináveis que são praticados no mundo todo, onde o gato preto é utilizado como oferenda. Nos Estados Unidos, por exemplo, no período de Halloween, ficam suspensas a adoção destes animais para evitar que sejam usados em rituais macabros de sacrifício. Adivinha aonde essas infelizes criaturas conseguem? Comprando. Ou você acha que quem vende faz muita pergunta? Mais um ponto negativo do comércio de vidas.

Basta ter um pouco de discernimento para perceber o quão absurdas são essas ideias e pensamentos. Se você olhar nos olhos de um felino preto imediatamente sentirá o quão doce e meigo ele pode ser. Quem nunca teve como companheiro um gato preto não sabe a sorte que está perdendo! Afinal eles são tão amáveis e carinhosos quanto os amarelos, os cinzas, os brancos… Infelizmente alguns seres humanos ainda não aprenderam que não se julga ninguém pela sua cor…

Para ler mais curiosidades sobre o assunto acesse Jornal Animais.

Notícias, Reflita!

O que eles pensam

29, outubro, 2009

As imagens falam por si…

29, outubro, 2009

Onde está minha janta?

29, outubro, 2009

A voz dos abandonados

29, outubro, 2009

Recebemos este texto da Josiele Souza, estudante de Jornalismo e voluntária da Cão Terapia – na foto é a ‘do meio’ (coincidências a parte, é o nome do blog dela) com o Beethoven, quando ele ainda não tinha ideia de que teria uma vida tão maravilhosa.

Boa leitura!

*** 

A voz dos abandonados

A rotina de quem mora e está acostumado com a vida nas ruas

 

O centro de Florianópolis amanheceu preguiçoso para quem mora nas ruas. O comércio abriu no horário de sempre, as pessoas surgiam, caminhavam pelas ruas com caras fechadas e com as cabeças baixas, cada uma com os pensamentos voltados para si. Mesmo assim tudo está mais devagar para quem observava. Talvez fosse o tempo nublado ou o sono mal dormido de quem vive em locais onde todos pisam. Ainda assim as pessoas continuam a correria diária e isso faz com que elas nem reparem no que está em volta, esbarram em qualquer coisa e continuam a andar. O mundo dos que observam toda essa gente é diferente: está pacato e quieto como uma fria manhã de inverno. A individualidade absoluta de alguns humanos torna a vida mais inútil dos seres que vivem nas ruas procurando comida e um pouco de atenção. O desprezo da sociedade faz com que eles se tornem cada vez mais iguais a ela: egoístas e solitários.

Porém há uma dupla de amigos que sempre anda junta. Não é o junto que um não pode viver sem o outro, é apenas uma relação de companheirismo. Dividem o mesmo canto para dormir e se juntam nas noites mais geladas. Andam pelos mesmos locais, mas cada um buscando sempre a própria comida. Em uma ocasião, eles caminhavam pelas ruas de Floripa em busca de algum alimento, andaram, desviavam de pessoas e quando menos se esperava, estava lá um deles parado para a hora do lanche. É impressionante o ar de superioridade e conhecimento que eles têm. A rua é o lar deles e não há obstáculo que os façam parar.

Preto e Marrom são os nomes desses cães que vivem nas ruas da Capital. Na verdade, cachorro abandonado não tem nome, mas é assim que preferiam que os chamassem. Não gostam muito de conversa e se esquivam de pessoas que ficam paradas só olhando para eles. Um deles confessa que existe receio que as pessoas possam bater ou maltratá-los, e por isso todo cuidado é pouco. Os amigos não recebem nenhuma bolsa do governo ou algum auxílio que os ajude a conseguir comida ou um local para dormir. Por isso, a dupla precisa lutar todos os dias para poder sobreviver sozinha. Leia mais…

Artigos

7 respostas sobre: Convulsões em animais de estimação

29, outubro, 2009

482Os pets também podem sofrer de epilepsia, uma condição que provoca perdas momentâneas do controle da coordenação e movimentos involuntários. Diretora do Hospital Veterinário Pet Care, a médica veterinária Carla Alice Berl responde as dúvidas mais frequentes a respeito do tema

1. O que é?

Epilepsia é uma excessiva descarga de energia elétrica nas células do cérebro, pois elas funcionam com impulsos elétricos. A epilepsia manifesta-se quando o animal tem entre seis meses e cinco anos de idade, variando de animal para animal em frequência e intensidade. É relativamente comum nos cães e muito menos frequente nos gatos, aparecendo de forma repentina.

2. Como é uma convulsão?

São contrações musculares bruscas e involuntárias que raramente duram mais que cinco minutos, mas às vezes o proprietário tem a impressão que duram mais.

· Antes de ter o episódio convulsivo, durante aproximadamente 1 minuto o animal se mostra ansioso, carente, pode se esconder e suas pupilas ficam dilatadas.

· Durante a convulsão ele pode urinar ou defecar, perdendo ou não a consciência, salivar, ter movimentos de pedalar ou estender as patas, rotacionar os olhos.

· Após a convulsão pode haver um estado de confusão mental, respiração rápida e às vezes fraqueza.

3. Como agir se o animal está convulsionando?

· Remova todos os objetos de perto do animal para que ele não se machuque.

· Tenha cuidado, pois mesmo que seja dócil, o animal pode morder involuntariamente durante as convulsões.

· Na medida do possível mantenha a calma, pois os animais se prejudicam com a agitação no ambiente.

· Depois de finalizada a convulsão propicie um ambiente tranquilo para que ele se recupere.

· Uma vez que a medicação demora de 20 a 30 minutos para começar a agir, não há sucesso em tentar medicar o animal em casa durante a crise.

4. Quais os riscos que o animal corre?

· Ao contrário da espécie humana, os cães não correm risco de enrolarem a língua e morrerem asfixiados, pois sua anatomia muscular é diferente.

· Existe um estado clínico que se chama “status epilepticus” caracterizado por várias convulsões sucessivas. É uma emergência médica e o animal deve ser levado imediatamente ao médico veterinário, pois isto pode ser fatal.

5. Por que o animal tem convulsão?

A exata causa não se sabe, mas em muitos casos esta condição é hereditária, aparecendo em quase todas as raças de cães. Trabalhos científicos indicam que de 0,5 a 5 % da população canina apresentam sinais de epilepsia durante a vida. Além da epilepsia, outras doenças também podem dar convulsões.

6. Há tratamento?

É importante ficar claro que o tratamento para a epilepsia não cura, mas controla o aparecimento das convulsões em frequência, intensidade e duração.

· O Fenobarbital (Gardenal®) controla convulsões em 80 % dos cães epiléticos.

· São necessários de 8 a 18 dias de tratamento para que esta droga atinja uma concentração ideal no sangue, portanto seja paciente, tendo consciência que no início as convulsões podem não cessar – é uma fase de adaptação.

· Ainda que pouco observados, há alguns efeitos colaterais do uso prolongado do Fenobarbital: principalmente acometimento do fígado e aumento de peso.

· Não deixe de dar o Fenobarbital repentinamente e certifique-se que está fornecendo corretamente, pois o animal pode expelir discretamente o comprimido, pois do contrário podem-se acentuar as convulsões.

· Além de medicação, alguns proprietários optam por tratamento conjunto com vitaminas e acupuntura.

7. Como deve ser o acompanhamento veterinário?

Periodicamente devem ser feitos testes para avaliar como está o fígado e se a quantidade do medicamento no sangue está adequada (dosagem sérica de Fenobarbital). Com o tempo pode ser necessário aumentar a dose da medicação, pois o organismo pode desenvolver certa tolerância – talvez seja necessário aumentar a dose ou trocar o medicamento, mas só o Médico Veterinário pode fazer isto. Alguns anestésicos como acepromazina e quetamina não podem ser usados em animais predispostos a terem convulsões. Evite situações de estresse e fique atento se elas forem inevitáveis, como fogos de artifício e visitas em casa.

 

Serviço:

Hospital Veterinário Pet Care – www.petcare.com.br

Dicas, Saúde Animal

Cão Terapia de hAUlloween

28, outubro, 2009

Sim, é isso mesmo.

Preparem-se para TOCAR O TERROR na Cão Terapia especial de Halloween a ser realizada neste Sábado, dia 31/10.

Para que a data fique mais especial para os pimpolhos, encorajamos os voluntários a levarem treats (que irão compensar as travessuras) próprios para cães. E com outros patudos em mente, estaremos também aceitando doações de ração (que serão destinadas às ações da OBA nas aldeias indígenas da grande Florianópolis e no bairro Tapera).

Lembrando que a Cão Terapia é cancelada em caso de chuva. Se você estiver em dúvida quanto às ações de São Pedro sobre o bairro do Itacorubi, acesse o nosso blog para se certificar da realização do evento. Do contrário, aguardamos todos às 15h30.

quadro-fotos-halloween1

AUbraços!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Cão Terapia