Castração

30, setembro, 2010

Castrar o seu animalzinho é uma grande forma de ajudar, sabe por que?

Estatísticas falam que a cada hora nascem cerca de 2.500 filhotes e 450 seres humanos. Portanto, desde o nascimento, só um em cada quatro filhotes terá chances de encontrar um bom lar. Encontrar um lar permanente é ainda mais difícil. Somente um em cada 10 cães permanecem com seus tutores originais por toda a sua vida. Cinco trocarão de tutores antes de completar um ano de vida. E o saldo terminará em abrigos, abandonados ou indesejados. Mesmo que seu animal seja um  bichano de raça cara, seus filhotes estão sujeitos às mesmas estatísticas. Milhões deles serão sacrificados anualmente em instituições ao redor do mundo, já que não há lares suficientes para abrigá-los. Há tantos animais abandonados hoje em grandes cidades, que os legisladores já pensam em coibir ou limitar drasticamente a criação de cães e gatos.

O nosso trabalho é grande, exaustivo e quase infinito justamente pela superpopulação de peludos abandonados nas ruas. A única forma de conter tanto sofrimento para eles e para nós é conscientizando a sociedade a castrar seus animais.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, cães e gatos que vivem nas ruas têm a menor taxa de reprodução, enquanto os animais domiciliados somam mais de 85% de êxito na sobrevivência dos filhotes. Então fica a pergunta: de quem é a responsabilidade por todo esse caos?

A decisão de NÃO cruzar seu animal de estimação é uma das decisões mais inteligentes, educadas e profundas que você pode fazer.

Não pense que por ter um amigo macho ele não precisa ser castrado. Será que ele já não deu umas voltas sozinho ao descobrir uma fêmea no cio e acabou colocando descendentes no mundo?

Sem contar que a relação que o animal tem com o sexo é totalmente diferente da que nós temos. O homem pratica o sexo em busca de prazer, enquanto que o animal o faz por uma necessidade fisiológica movida pelo instinto. Privá-lo de suas atividades sexuais não é uma crueldade como seria com o homem, mas sim um ato de consciência.

Os benefícios da castração à saúde são tanto para machos como para as fêmeas, e  torna essencial que o procedimento seja feito o quanto antes. Veja:

FÊMEAS:

  • Se castrada antes do 1º cio, a fêmea tem reduzida a quase a zero a possibilidade de desenvolver tumores de mama (que são os mais comuns em cadelas idosas). Além disso, fica livre de tumores de ovários e de útero além da piometra, tipo de infecção uterina que pode se manifestar em cadelas de qualquer idade.
  • Além de prevenir o câncer, a castração elimina todos os sintomas do cio como o sangramento, a gravidez psicológica, o inchaço da vulva e o incômodo por ser, no período do cio, ‘perseguida’ por machos. Além de todos esses benefícios, a castração evita que a cadela desenvolva diabetes e, também, a obesidade (que pode ocorrer pelo tipo de alimentação do animal e de sua atividade física, independentemente da cirurgia).

MACHOS:

  • Diminuição do risco da incidência de tumores testiculares bem como do câncer de próstata, hérnias perineais, hipertrofia prostática (que é causa frequente de infecções urinárias e muito comum em cães idosos) e a melhora no comportamento do animal, evitando fugas, a necessidade de demarcar território e nem mais te fazer passar vergonha “grudando” na perna das visitas.

Então, para aquele que acha que castração é só para animal que está nas ruas, fica o esclarecimento, e para aquele que tinha dúvidas, fica a confirmação. Castração é a solução! Animais não nascem nas ruas, são abandonados!

Em Florianópolis, a cirurgia é gratuita para residentes que recebam comprovadamente 3 salários ou menos. Basta procurar a Diretoria do Bem-estar Animal (DIBEA) no endereço: Vila Ivan Matos, ao lado do Cemitério do Itacorubi e em frente da loja Cassol Materiais de Construção, na SC 401 – Bairro Itacorubi, horário: 9 às 18h, Fones: (48) 3237-6890/ 3234-5677.

Em Biguaçu existe o Castramóvel - uma unidade móvel totalmente equipada para realizar esterilização de cães e gatos gratuitamente – Dúvidas, cadastramento e mais informações podem ser obtidas através dos telefones 3243-5473 e 3039-8462

Moradores de São José, Antônio Carlos e Palhoça deverão buscar junto à prefeitura de seu município programas gratuitos de controle populacional de animais. Caso não exista, que tal começar a lutar por uma Diretoria do Bem-estar Animal no seu município?

Ou então você pode adquirir o vale castração a um preço social:

vale_castracao

Se ficou alguma dúvida sobre castração, benefícios e cuidados pós-operatório, a DIBEA preparou um material excelente:

Divulguem pessoal, nossos animais agradecem!

Fonte : amigo do cão

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:
  • Twitter
  • Facebook
  • Google Bookmarks

Vivi Campanhas, Castração, Dicas, Perguntas Frequentes

Os comentários estão fechados.