Arquivo

Arquivo de junho, 2016

Ajude o Mutirão Mata-fome. #DOE5REAIS

28, junho, 2016

Você sabe o que é o MUTIRÃO MATA-FOME?

É basicamente o que o próprio nome diz, porém muito mais! Visitamos, semanalmente, áreas carentes da Grande Florianópolis, e atualmente amparamos dez comunidades indígenas.

Levamos muita disposição (sem brincadeira, nossa equipe não cansa!), muito amor, alimento e tratamento veterinário aos animais famintos e doentes. Em cada visita, entregamos a cada família a quantidade de ração necessária para que possam alimentar seus animais até nosso retorno.

Uma realidade triste que tentamos amenizar, e nesta intenção, os patudos são encaminhados para castração, pois além de melhorar a saúde dos animais, evita o nascimento de novas ninhadas, o que intensificaria os problemas já presentes.

Nas visitas às comunidades carentes amparadas passamos por verdadeiras provas de resistência. O trabalho é árduo e intenso, e faça chuva ou faça sol, os animais sabem que podem contar com a gente.

Mas precisamos de ajuda, pois são muitas boquinhas famintas que aguardam a comida da semana. Ao total, são 400 animais, entre cães e gatos, beneficiados por este projeto.

doe

Faça sua doação e passe essa ideia para frente. Sua ajuda faz a diferença! #doe5reais

Banco do Brasil (banco 001)
Agência: 1453-2
Conta Corrente: 36.798-2
Titular: Organização Bem-Animal
CNPJ: 09.454.046/0001-55

Confira o álbum de fotos do Mutirão Mata-Fome: https://picasaweb.google.com/oba.floripa

Ação em comunidades indígenas, Campanhas, Mutirão Mata-fome

CAMPANHA – FORTY

27, junho, 2016
Forty foi resgatado no dia 08 de junho, quando estávamos a caminho das aldeias indígenas em Palhoça que recentemente passaram a ser amparadas pela OBA. A cicatriz mostra o tamanho da placa metálica que Forty vai levar no corpo.

Forty foi resgatado no dia 08 de junho, quando estávamos a caminho das aldeias indígenas em Palhoça que recentemente passaram a ser amparadas pela OBA. A cicatriz mostra o tamanho da placa metálica que Forty vai levar no corpo.

Quando encontramos esse amiguinho atropelado na BR-101, não imaginávamos que seu quadro era tão grave. O raio X mostrou diversas fraturas pelo corpo: bacia e canela quebradas, luxação e fissura na coluna e ruptura de todos os ligamentos do joelho.

Como foi encontrado em frente ao Fort Atacadista, colocamos seu nome de Forty, que também reforça a sua garra e luta pela vida.

Nas últimas semanas, foram sessões de acupuntura e fisioterapia, e no dia 23, ele foi submetido a uma cirurgia ortopédica. Nada faltou para que Forty volte a andar normalmente em pouco tempo.

Agora precisamos pagar as despesas, que até o momento – entre raio x, internação, medicamentos, sessões de acupuntura e fisioterapia e cirurgia ortopédica – ultrapassam 3 mil reais.

Você pode ajudar com 5 reais? Pode parecer pouco, mas somando esforços, conseguiremos!

Banco do Brasil (banco 001)
Agência: 1453-2
Conta Corrente: 36.798-2
Titular: Organização Bem-Animal
CNPJ: 09.454.046/0001-55

Campanhas , , ,

Mutirão Mata-Fome aldeia indígena M´Biguaçu – 12/06/2016

26, junho, 2016

26

Domingo cedinho o carro partia em direção à aldeia de Biguaçu. Estava tão frio que saía fumacinha quando os cães latiam, mas foi um dia cheio de calor humano.

Confira! Fotos aqui: https://goo.gl/7iiiPV

Ação em comunidades indígenas, Mutirão Mata-fome

26/06/2016: Mutirão Mata-Fome aldeia indígena de Biguaçu

26, junho, 2016

“O melhor lugar no mundo é dentro de um abraço.”
Veja todas as fotos desse dia aqui.

Gabi deu uns bons apertões nessa coisa fofa! Luisa e Girafa se entendem pelo olhar. Tati aconchegou Tobinho num abraço. O gatinho se derreteu nos braços da Marcele.

Gabi deu uns bons apertões nessa coisa fofa! Luisa e Girafa se entendem pelo olhar. Tati aconchegou Tobinho num abraço. O gatinho se derreteu nos braços da Marcele.

 

Alyne distribuiu comida e todo o carinho que "os gatinhos da pedra" esperam. Nos braços da Gabi o Bili se esquece da vida. Proteger e cuidar dessa turminha é mais do que um compromisso, é nossa missão. Ursinho novo no pedaço.

Alyne distribuiu comida e todo o carinho que “os gatinhos da pedra” esperam. Nos braços da Gabi o Bili se esquece da vida. Proteger e cuidar dessa turminha é mais do que um compromisso, é nossa missão. Ursinho novo no pedaço.

 

Abraço coletivo na Margarida e Luizinha. Polaquinho mais fofo! Pipoca e seu sorriso contagiante! Chokito, nosso mala favorito <3 Marcele teve uma recepção de boas vindas bem entusiasmada.

Abraço coletivo na Margarida e Luizinha. Polaquinho mais fofo! Pipoca e seu sorriso contagiante! Chokito, nosso mala favorito

Ação em comunidades indígenas, Mutirão Mata-fome

A recuperação do BOB

23, junho, 2016

Bob está recuperado e já tomou a primeira dose da vacina. Agora é encontrar uma nova família para esse menino encantador. Enquanto isso, a Meg continua cuidando dele.

23

O filhotinho Bob estava apático e visivelmente doente. Foi internado e seu quadro de desidratação era assustador. Ele teria morrido se não tivesse recebido atendimento emergencial.

Ação em comunidades indígenas, Internação, Mutirão Mata-fome ,

Vitória ganhou uma mamãe

21, junho, 2016

vitoria

DEU CERTO! Obrigado pela mobilização de todos vocês em ajudar a bebezinha recém-nascida. Como é a única sobrevivente da ninhada, seu nome é Vitória.

Sem palavras para agradecer a dedicação da Alyne e Brian, que passaram a madrugada acordando de duas em duas horas para alimentá-la.

Hoje a Vitória conheceu três mamães. Pois é, o dia praticamente foi todo dedicado a ela. Mas na terceira tentativa, a cadelinha Sacha, de uma família muito humilde em Biguaçu, recebeu a bebezinha como se ela mesma a tivesse parido. Obrigado, Fran, pelo empenho em ver a Vitória bem amparada. <3

Ação em comunidades indígenas

OBRIGADO, ANGELONI PELAS DOAÇÕES

21, junho, 2016

O nosso muito obrigado à rede de Supermercados Angeloni, que doou 164 kg de ração para os patudos amparados pela OBA.

Confira a entrega da doação aqui: https://goo.gl/STehij
e aqui: https://goo.gl/J65E0j

Nossos amiguinhos agradecem

angeloni

Campanhas , ,

INTERNAÇÃO SAPECA – 20/06/2016

20, junho, 2016

Hoje passamos a manhã alimentando e tratando os animais da Aldeia Amaral. Depois do almoço, partimos para Canelinha, e em seguida Itanhaém, para continuar a missão de amparo aos animais destas comunidades. Mas uma emergência em Itanhaém nos obrigou a vir mais rápido. Sapeca entrou em trabalho de parto há dois dias e expelido filhotes mortos. Apenas um filhotinho sobreviveu, mas estava tão debilitada que não conseguia sequer amamentá-lo.

Foi feita uma cesária de emergência, e como tinha um filhote morto, seu quadro era de sofrimento extremo devido à infecção.

Fica bem, Sapeca! Seu bebê está em boas mãos (Gratidão, Alyne!).

sapeca

Ação em comunidades indígenas, Internação

Procura-se mãe adotiva para um filhotinho de cão

20, junho, 2016

O bebê recém-nascido veio para nosso lar de apoio, pois até o momento não encontramos nenhuma cadela saudável que esteja amamentando. Nas aldeias em Palhoça, que recentemente voltaram a receber visitas semanais da OBA, há 3 cadelas amamentando, mas nenhuma em boas condições de saúde.

Continuamos a procura de uma mãe adotiva que possa alimentá-lo nas próximas semanas: 9114-2537.

O instinto materno partiu de quem menos se esperava. Ou a Chorona está do ladinho do ninho por causa do aquecedor?

bb

Ação em comunidades indígenas , ,

Procura-se mãe de leite

20, junho, 2016

Chegamos na clínica veterinária. A mamãe está no soro em estado gravíssimo e apenas um filhote sobreviveu. Estamos a procura de uma cadela que esteja amamentando com urgência.
Contato: 9114-2537.

bb2

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Ação em comunidades indígenas, Internação ,