Arquivo

Arquivo de janeiro, 2017

31/01/2017: Internação Vermelha

31, janeiro, 2017
Fim de tarde, recebemos pedido de socorro da aldeia Praia de Fora 2, em Palhoça. Vermelha, que vive em corrente, havia sido picada por cobra. Dia de chuva, o trânsito estava um caos, mas o socorro chegou a tempo, felizmente. Pelo padrão hemorrágico, indica que foi jararaca. Recebeu o soro antiofídico na clínica veterinária onde Vermelha ficará até se recuperar.

Fim de tarde, recebemos pedido de socorro da aldeia Praia de Fora 2, em Palhoça.
Vermelha, que vive em corrente, havia sido picada por cobra. Dia de chuva, o trânsito estava um caos, mas o socorro chegou a tempo, felizmente. Pelo padrão hemorrágico, indica que foi jararaca. Recebeu o soro antiofídico na clínica veterinária onde Vermelha ficará até se recuperar.

Mais um caso de picada de cobra, desta vez na aldeia Praia de Fora 2, em Palhoça. Há duas semanas Tigresa, da aldeia Amaral, em Biguaçu, também foi picada no focinho. Felizmente, as duas receberam atendimento veterinário a tempo. O trânsito estava um caos, ainda pior com chuva, mas tudo deu certo!

Ação em comunidades indígenas, Internação, Mutirão Mata-fome , ,

30/01/2017: Internação gatinha da aldeia M´Biguaçu

30, janeiro, 2017

FELINA 30

Atualização em 31/01/2017: Não sobreviveu…. 😭

Os voluntários do Mutirão Mata-Fome passaram o domingo na companhia dos peludinhos e entregaram a ração da semana. Providencialmente, nossa equipe retornou hoje para buscar 4 animais para castração e, também, começar nova campanha para controle de endo e ectoparasitas.

Durante a madrugada, uma gatinha recém chegada à aldeia foi atacada por um cão. Estava bastante machucada, então precisou ser internada com urgência.

É este trabalho que você financia ao doar qualquer quantia.

Banco do Brasil (banco 001)
Agência: 1453-2
Conta Corrente: 36.798-2
Titular: Organização Bem-Animal
CNPJ 09.454.046/0001-55

Ação em comunidades indígenas, Mutirão Mata-fome , ,

ADOTE O LÉO!

30, janeiro, 2017
leo
Deu tudo certo no Mutirão Mata-Fome de ontem na aldeia indígena M´Biguaçu. Tivemos mais um resgate, que batalhávamos há meses!

O tutor do Léo permitiu que encontrássemos um novo lar para ele. Finalmente nosso amigão rebolido foi libertado da corrente.

Hoje cedinho foi castrado, e assim que terminar o pós-operatório, vai passar por um “banho de loja”. Brincadeira, mas ele precisa muito de um bombanho e tosa.

Léo está michrochipado e tem duas doses de vacina importada. É um cão jovem, com pouco mais de um ano. É um doce, então para as famílias com crianças, ele será um ótimo companheiro. Foge do perfil do chow chow, que geralmente é um cão mais introspectivo, de um tutor só. O Léo faz festa para qualquer pessoa, é um querido.

Será doado, obrigatoriamente, para casa com quintal, onde possa correr e brincar.

Contato para adoção responsável: oba.floripa@gmail.com ou 99636-3547

ATENÇÃO: antes de entrar em contato, reflita se você tem tempo e recursos. Esta raça, especificamente, exige manutenção da pelagem. Então avalie se você pode bancar um plano em pet shop e prover os cuidados básicos, como uma ração premium e atendimento veterinário quando houver necessidade.

Ação em comunidades indígenas, Campanhas, Mutirão Mata-fome , ,

Totó foi resgatado

29, janeiro, 2017
O Mutirão Mata-Fome de domingo passado foi o último do Totó. Ele é o novo morador do nosso lar temporário, que para muitos, assim como ele, é definitivo.
 
Totó é um sobrevivente da cinomose, e como vocês sabem, os cães que conseguem superar esta doença maldita, inevitavelmente, passam a ter alguma sequela. Desde então, Totó ficou com contrações involuntárias e fraqueza nas patas traseiras. Nas últimas visitas à aldeia M´Biguaçu, percebemos que os movimentos involuntários ficaram ainda mais intensos, comprometendo a sua sobrevivência na aldeia.
 
Não tivemos outra opção. A medicação do Totó é diária, não dá para esquecer ou dar de vez em quando. Como ele está em visível sofrimento, pois as sequelas causam desconforto e desgastam fisicamente, iniciaremos um tratamento com acupuntura também, além da homeopatia e vitaminas. Mais uma vez, Totó precisa do apoio de todos nós!
 
PRIMEIRA INTERNAÇÃO – AGOSTO/2016
 
Veja a primeira internação do Totó, quando foi internado em agosto para tratamento de papilomatose (verrugas na boca) e sarna: goo.gl/58LPvQ (na aldeia, o nome dele era Tobi).
 
Nesta ocasião, saiu da clínica recuperado, castrado e com uma dose de vacina importada. Quando voltou para a aldeia, a família da casa vizinha estava com um filhotinho recém-adotado – e que estava com cinomose. Morreu dias depois. Totó só não teve o mesmo destino porque tinha uma dose de vacina.
 
É esta realidade que a OBA enfrenta, mesmo educando e conscientizando os indígenas de que trazer novos filhotes é colocar em risco a vida de todos os outros. Mas as transformações estão acontecendo e são muitas, não podemos desanimar.

Ação em comunidades indígenas, Mutirão Mata-fome , ,

CAMPANHA OUTUBRO PATINHAS ROSAS

27, janeiro, 2017

out 27

Hoje recebemos uma doação que nos deixou com um sorriso de orelha a orelha, e uma imensa gratidão.

A Olhos Felinos Caninos Pet Shop promoveu a campanha Outubro Patinhas Rosa, para orientar as pessoas sobre a prevenção do câncer de mama nos pets. Mas a campanha foi muito além de educar e orientar, pois os idealizadores também queriam ajudar os patudos abandonados e necessitados. Uma bandana para pets linda e fofa cor de rosa com a frase “Eu apoio esta causa” passou a ser vendida… e foram muitas!

Então hoje recebemos, juntamente com nossos amigos do Instituto É o Bicho, os recursos mobilizados através da venda destas bandanas.

Agradecemos e parabenizamos a Olhos Felinos Caninos Pet Shop pela iniciativa, dedicação e seriedade com que conduziram esta campanha. Recebam o nosso carinho e admiração! <3 <3 <3

Campanhas , , ,

Obrigada Isadora pela doação de bijoux!

26, janeiro, 2017

Recebemos uma doação de bijus LINDAS, que serão vendidas no bazar pró-patudos da OBA!

Quem fez a doação foi a Isadora Monti – Bijoux, que é quem aparece nesta foto que transborda amor. Esse laranjinha apaixonante é o Rony, resgatado e adotado por ela.

Obrigado, Isadora, por mais esta doação em benefício dos nossos protegidos!   

PS.: A data e local do próximo bazar serão divulgados em breve, estamos aguardando confirmação.

BAZar

Ação em comunidades indígenas, Bazar pró-patudos , ,

Sessão de beleza – Banzé

26, janeiro, 2017
banze

                                                 ANTES X DEPOIS

Sempre que reencontramos nossos protegidos da aldeia Praia de Fora ficamos emocionados. É incomensurável a alegria e gratidão dos patudos ao avistarem a nossa equipe. A motivação em subir a longa e íngreme trilha na mata vem deles, porque sempre tem festa na nossa chegada. Um dos resultados positivos de nosso trabalho em comunidades carentes é que estamos com uma galerinha muito peluda precisando de tosa – cães que até pouco tempo tinham a pele enegrecida, sem pelos. A tosa do Banzé foi improvisada, pois sua tutora mora no alto de uma montanha sem energia elétrica. Os pelos foram cortados a tesouradas, mas ele adorou a sessão de beleza e curtiu cada minuto! Faça parte destas transformações apoiando a OBA!

VEJA TODAS AS FOTOS AQUI.

Ação em comunidades indígenas, Mutirão Mata-fome ,

DOE RAÇÃO!

25, janeiro, 2017

25

Doe um pacotinho de ração para os patudos das 10 comunidades indígenas amparadas pela OBA. Assim, não precisamos usar os recursos mobilizados através de doações e venda de produtos para outras necessidades, como castrações, internações e medicamentos.

O pagamento do último boleto da ração, no valor de quase 4 mil reais, vocês acompanharam o quanto foi difícil.

Um quilo de ração que você coloca no carrinho da sua compra do supermercado não vai pesar tanto no seu bolso, mas faz diferença para quem recebe.

Conheça os pontos de arrecadação de donativos:

– Pet Affetto: Rua Lauro Linhares, 636, Trindade – Próximo ao Banco do Brasil.
– Clínica Veterinária Biofilia: Rua Thiago da Fonseca, 303, Capoeiras – Próximo da ‘Nossa Loja Tramontina’.
– Petcare Center: Rua Arno Hoeschel, 67, Centro – próximo à Havan.

Ação em comunidades indígenas, Mutirão Mata-fome

CÃO TERAPIA 21/01/2017

25, janeiro, 2017

cao 21

O calor era tanto no último sábado que parecia que todos os patudos usavam uma gravata cor de rosa 😀

Confira as fotos: goo.gl/UPNFQX

Obrigado por fotografar a turminha, Amanda!

Cão Terapia

ADOÇÃO – FLORIPA/SC

24, janeiro, 2017

adote 24

Valente tem apenas 5 meses e foi resgatado de uma das comunidades indígenas amparadas pela OBA.

Como vai crescer mais um pouquinho e ficar de porte médio, uma casa com quintal seria perfeito para ele. E uma família divertida que jogue a bolinha para ele buscar. Se tiver crianças, melhor! Ele é muito brincalhão.

É sociável com outros cães e convive muito bem com gatos. Ficou apaixonado por esse “vira-lata terrier”?

Escreva para oba.floripa@gmail.com ou mande mensagem para 99636-3547 (whatsapp)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Ação em comunidades indígenas, Adote!, Campanhas, Mutirão Mata-fome