Arquivo

Arquivo da Categoria ‘Projetos’

Oficina Educativa sobre Bem-Estar Animal – Morro dos Cavalos

16, novembro, 2016

O trabalho que a OBA! realiza em comunidades indígenas não se limita a alimentar, tratar e castrar os animais. Nossa principal missão é conscientizar os indígenas sobre responsabilidades e compromissos quando assumem a guarda de um animal.

Em outubro, iniciamos o ciclo de oficinas educativas sobre bem-estar animal, começando pela aldeia indígena Morro dos Cavalos, em Palhoça.

PRIMEIRA ETAPA: Convidamos os indígenas a desenharem seus animais de estimação, para que reconhecessem, para si e para os demais indígenas, como guardiões de um ou mais animais. Esta atividade também serviu para “quebrar o gelo”, colaborando para superar a timidez de alguns e provocando muitas risadas, especialmente das crianças.

PRIMEIRA ETAPA: Convidamos os indígenas a desenharem seus animais de estimação, para que reconhecessem, para si e para os demais indígenas, como guardiões de um ou mais animais. Esta atividade também serviu para “quebrar o gelo”, colaborando para superar a timidez de alguns e provocando muitas risadas, especialmente das crianças.

Na data marcada para a primeira oficina, o dia era de chuva intensa, então nossas expectativas não eram das mais animadoras. Mas a comunidade prestigiou e compareceu. Crianças de todas as idades participaram animadas das atividades, inclusive os adultos. Algumas mulheres levaram seus bebês para que não deixassem de ir.

SEGUNDA ETAPA: Destacamos o conceito de Saúde Única: saúde ambiental, saúde humana e saúde animal. Foram discutidos aspectos relevantes para controle das doenças de maior incidência nas aldeias, seus riscos de transmissão enfatizando como cuidados básicos podem colaborar imensamente na prevenção destas.

SEGUNDA ETAPA: Destacamos o conceito de Saúde Única: saúde ambiental, saúde humana e saúde animal. Foram discutidos aspectos relevantes para controle das doenças de maior incidência nas aldeias, seus riscos de transmissão enfatizando como cuidados básicos podem colaborar imensamente na prevenção destas.

A programação contou com atividades simples que traduziram e exemplificaram o conceito de SAÚDE ÚNICA, demonstrando que uma abordagem integrada entre a saúde animal, humana e ambiental pode garantir níveis melhores de saúde para os animais e pessoas que vivem na aldeia.

 

QUARTA ETAPA: Dando continuidade à oficina, iniciou o processo de construção da Visão de Futuro com o diagnóstico dos principais problemas dos cães e gatos da Terra Indígena Morro dos Cavalos. Para isso, foi elaborada uma matriz em uma folha de papel kraft com as seguintes colunas: ‘Problemas’; ‘Quando’; ‘Quem’. Os participantes foram motivados a falar quais eram os principais problemas. Em seguida, foram solicitados a hierarquizarem os problemas, do mais urgente para o menos urgente, e, assim, as tarjetas foram arrumadas. Construção da matriz do diagnóstico e responsabilidades em relação aos cães e gatos da Terra Indígena Morro dos Cavalos. Ao final, confraternização com lanche.

QUARTA ETAPA: Dando continuidade à oficina, iniciou o processo de construção da Visão de Futuro com o diagnóstico dos principais problemas dos cães e gatos da Terra Indígena Morro dos Cavalos. Para isso, foi elaborada uma matriz em uma folha de papel kraft com as seguintes colunas: ‘Problemas’; ‘Quando’; ‘Quem’. Os participantes foram motivados a falar quais eram os principais problemas. Em seguida, foram solicitados a hierarquizarem os problemas, do mais urgente para o menos urgente, e, assim, as tarjetas foram arrumadas. Construção da matriz do diagnóstico e responsabilidades em relação aos cães e gatos da Terra Indígena Morro dos Cavalos. Ao final, confraternização com lanche.

Acompanhe através das fotos as etapas da oficina educativa.

Ação em comunidades indígenas, Eventos, Mutirão Mata-fome, Projetos

Oficina Educativa – Morro dos Cavalos

25, outubro, 2016

Hoje demos um passo largo na construção de uma relação mais amorosa e responsável entre as comunidades indígenas e seus companheiros patudos. Realizamos a oficina educativa sobre bem-estar animal na aldeia Morro dos Cavalos e voltamos de lá com a esperança renovada.

Enquanto baixamos as fotos desta tarde chuvosa – mas muito produtiva, confira um pouquinho dos esforços da nossa equipe de trabalho nos últimos meses nesta comunidade.

saude-unica-morro-dos-cavalos

 

Ação em comunidades indígenas, Campanhas, Mutirão Mata-fome, Projetos

23/10/2016: Mutirão Mata-Fome aldeia indígena de Biguaçu

23, outubro, 2016
1

Valente e seus amiguinhos estavam em clima de festa!

Neste dia os indígenas estavam em festa, a aldeia M´Biguaçu completava 29 anos. Há 8 anos visitamos semanalmente esta comunidade. No início fomos recebidos com uma certa desconfiança, mas aos poucos os indígenas foram percebendo que, ao cuidarmos de seus animais, a saúde de toda a aldeia melhorava. Hoje somos acolhidos e respeitados por seus moradores e liderança, e recebidos com imensa alegria pelas crianças, que se tornaram importantes colaboradoras do projeto.

Veja mais fotos aqui: https://goo.gl/photos/P9EwTnEaLDpbr1c5A

Ação em comunidades indígenas, Mutirão Mata-fome, Projetos

HOJE é dia de libertar os cavalos de tração de Floripa

25, março, 2015
ATUALIZAÇÃO:
Projeto APROVADO POR UNANIMIDADE: 22 vereadores que estavam na sessão VOTARAM SIM para o PL. Houve apenas 3 ausentes. Agora é a vez do prefeito César Souza Júnior mostrar que também tem sensibilidade à causa e sancionar a LEI MUNICIPAL.
Vitória árdua e merecida. Parabéns, Graça, pela bravura e por nunca ter desistido de salvar estes animais!
Parabéns a todos que estavam nas galerias, na melhor energia, pressionando e apoiando este ato tão importante.
Parabéns aos vereadores que fizeram a sua parte! 75ddf097bed459aa19fbf49940244803
****************************************************************************************************
HOJE, 25 de março, quarta-feira, 16h, pode ser um dia histórico para Florianópolis.

Depende unicamente dos vereadores! Está na pauta de votações da Câmara o PL 1352/2014 que proíbe a tração animal em Fpolis, de autoria da vereadora Maria da Graça Dutra.

É uma luta antiga, árdua e brava pelos direitos dos animais e pela mudança de mentalidade da relação homem X animal.

A APROVAÇÃO deste projeto é a LIBERTAÇÃO dos cavalos de Florianópolis!

A APROVAÇÃO deste projeto demonstrará que os vereadores eleitos por nós compreenderam o clamor da sociedade civil, ONGs de proteção animal e cidadãos comuns, que há muito não toleram mais a exploração e os maus-tratos a que os animais dos carroceiros são submetidos, com a suposta justificativa é de ”ser um trabalho necessário para o sustento de famílias; que os animais estão prestando um serviço ao homem”.

Chega de exploração e de crueldade!

Chega de exploração e de crueldade!

Os cavalos sofrem absurdamente carregando pesadas carroças (muitas com pneus de carro!!!) com entulhos, lixo, móveis e ainda as pessoas. Peso muito acima da sua capacidade física de animais desnutridos; desidratados; com ferraduras machucando; debaixo de sol e chuva; chicoteados, morro acima, morro abaixo; no asfalto quente; cheios de vermes, parasitas e outras doenças.

Existe alternativa para este tipo de transporte, sem necessidade o uso de cavalos.

Existe alternativa para este tipo de transporte, sem necessidade o uso de cavalos.

Não lhes é permitido sequer o descanso noturno, pois são alugados para mais um turno de carretos (tortura).

E quando adoecem, são deixados para morrer, por aqueles a quem serviram por tanto tempo e trouxeram sustento, definhando ou mesmo sendo espancados até a morte por não terem mais condições físicas de cumprir sua jornada extenuante e dolorosa.

Este projeto contempla soluções alternativas para os carroceiros, como já existem em outras cidades que não permitem a exploração e os maus-tratos a animais.

Está nas mãos de cada vereador extirpar de vez de nossa cidade este meio de transporte e trabalho ultrapassado e cruel, que não combina com uma cidade que tem um dos maiores índices de qualidade de vida do Brasil.

E que qualidade de vida têm estes pobres escravos de tração?

A mudança está na sensibilidade e humanidade dos vereadores. E a participação popular é fundamental neste processo.

Marque presença nas galerias do PLENÁRIO DA CÂMERA DE VEREADORES DE FLORIANÓPOLIS, HOJE 25/03, às 16h, para estimular e pressionar os vereadores a VOTAREM A FAVOR do PL 1352/2014.

Vamos fazer Florianópolis avançar a passos largos na proteção e no cuidado com os animais, que não podem pedir socorro.

Só assim uma sociedade é realmente desenvolvida.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Notícias, Projetos